Cusquenho: “Virgen de la Salud”

Nuestra Señora de la Salud (provável século XVIII)

"A description of the many Madonnas and women saints which came out of the Colonial workshops of Cuzco would be enough to show us the eminently distinct individuality of this school. Its Virgins and holy maidens are at once mystic and mundane or simply human. Their grace, the way they wear their embroidered garments, the candid distribution of attibutes, everything contributes to give them an excepcional originality". (Fonte: ARBAIZA, Genaro. Peruvian Colonial Art: The Cuzco School of Painting. Editorial Libros de México, S.A., 1964)

Ficha Técnica

Atribuído a/assinado por: Escola Cusquenha
Dimensões: cm x cm aproximadamente
Técnica: óleo sobre tela

Diagnóstico inicial - resumo

Sujidade
Verniz e camada pictórica pulverulentos
Desprendimento da camada pictórica
Perda de camada pictórica
Preenchimentos volumétricos desnivelados
Abaulamento da tela
Rasgos
Ausência de bordas
Reentelamento a cera em desprendimento e com fungos
Pregos oxidados
Chassis sem tratamento

Fotos - detalhes

Fotos - análise microscópica

Perda de camada pictórica e pulvêrulência (rosto do Menino Jesus)
Pulverulência
Craquelamento e perda de camada pictórica
Enxerto com papel de jornal
Tecido do reentelamento e cera

Apêndice - foto complementares (exemplificação de procedimentos)

Aplicação de 1ª camada de filme de isolamento (após limpeza e higienização)
Desmontagem
Remoção do reentelamento
Remoção da cera
Reforço de bordas
Fixação da tela no chassis
Ajustes das cunhas
Preenchimento volumétrico
Aplicação de 2ª camada de filme de isolamento (saturação das cores)
Reintegração cromática (mimética diferenciada)
Aplicação de verniz final

Registro comparativo

Antes Depois

Registro fotográfico pós intervenção

Resumo dos processos de conservação e restauro efetuados

 Intervenção no suporte
 Remoção do reentelamento
 Remoção mecânica!da cera 
 Reforço de bordas (linho e Beva filme)
 Reentelamento solto e fixação da tela no chassis (grampos de!aço inoxidável, chassis! de cedro rosa com cunhas e imunizado contra xilófagos)
 Preenchimentos volumétricos (Modostuc)
 
 Intervenção na pintura
 Remoção de sujidade (Triton X-100 e água deionizada)
 Consolidação de camada pictórica (Paraloid B72, xileno e Kraton G1657)
Aplicação de filme de isolamento (Paraloid B72, xileno e Kraton G1657)
Reintegração cromática mimética diferenciada (pigmentos Maimeri, Pébéo Fragonard e Sennelier aglutinados com Paraloid B72 e xileno)
Aplicação de verniz final com equilíbrio de brilho (Paraloid B72 e cera microcristalina diluídos em xileno)

Condições ambientais para melhor conservação posterior

Temperatura - 20º a 25º C (evitar variações)
Umidade relativa - 45% a 60% (evitar variações)
Iluminação - 5lux a 50lux (evitar variações)
Limpeza - trincha macia e seca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »